Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fashion in the bag

Fashion in the bag

01
Jun16

A spoonfull of sugar- A fechar o dia da criança...

fashion

 

In every job that must be done
There is an element of fun
You find the fun and snap
The job's a game

And every task you undertake
Becomes a piece of cake
A lark! I spree! it's very clear to see that

A spoonful of sugar helps the medicine go down
The medicine go down-wown
The medicine go down
Just a spoonful of sugar helps the medicine go down
In a most delightful way

A robin feathering his nest
Has very little time to rest
While gathering his bits of twine and twig
Though quite intent in his pursuit
He has a merry tune to toot
He knows a song will move the job along - for

A spoonful of sugar helps the medicine go down
The medicine go down-wown
The medicine go down
Just a spoonful of sugar helps the medicine go down
In a most delightful way

The honey bee that fetch the nectar
From the flowers to the comb
Never tire of ever buzzing to and fro
Because they take a little nip
From every flower that they sip
And hence (and hence)
They find (they find)
Their task is not a g

rind
Ah-h-h-h-h-h-h-h-h-h-h ah!

A spoonful of sugar helps the medicine go down
The medicine go down-wown
The medicine go down
Just a spoonful of sugar helps the medicine go down
In a most delightful way

 

01
Jun16

Do Peter Pan ao sorriso para sempre?

fashion

Mês da Nenucapeter.jpg

 

 

Hoje é dia da criança e como não podia deixar de ser andei a abrir as minhas gavetas da memória e lá me encontrei um menino que queria ser criança para sempre: Peter Pan.

 J. M. Barrie, inventou Peter Pan quando contava histórias aos filhos da sua amiga Sylvia Llewelyn Davies, os Llewelyn Davies boys.

O nome provém de duas fontes: Peter Llewelyn Davies, o mais novo dos rapazes naquela época e de Pan, o deus grego das florestas. Poucos anos após a morte de seu marido, Sylvia Davies morreu de cancro e Barrie foi nomeado co-tutor  dos miúdos.

A partir daí Peter foi ganhando vida, ganhando vida e conseguiu o que de facto desejava e que era eternizar a sua infância.

Um dia encontrei o Peter(eu encontro sempre muita gente) estava sentado no meio de um campo de margaridas e  sorria/ria que nem uma hiena. O sorriso dele era de tal forma contagiante que me escancarou a boca e me fez rir também. Naquele dia percebi que o propósito do Pan é fazer-nos sentir que os sorrisos se transformam em risos e que não é preciso muito para que isto aconteça.

Ser criança é mesmo sentar no chão, com as margaridas por companheiras, e encher a boca de estrelas só porque sim. Não sei porque razão complicamos tanto as coisas, como se um sorriso fosse a coisa mais difícil do mundo e a menos importante.Acreditem que não é a mais difícil de conseguir e é, de facto, a mais valiosa. O Peter voa por aí, luta com o capitão gancho e procura a terra do nunca, sabe que para conseguir tudo o que quer, por muito complicado que pareça, basta sorrir.  Quando o rosto se apaga e a luz do sorriso não a ilumina sabemos que já somos adultos e chatos. Vamos ser crianças e sorrir para sempre?

Mais Sobre Mim

A Ler

Palavra da Semana

anguícomo

Segue-me

Follow

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

blogs portugal

Este blogue tem direitos de autor Copyrighted.com Registered & Protected

A ler 2