Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fashion in the bag

Fashion in the bag

04
Jun16

10 factos sobre mim na hora da comida

fashion

A pedido do Andy, cá vai...

 

1- Na mesa raramente uso guardanapo e passo o tempo a levantar-me( falta sempre qualquer coisa).

2- Cada vez tenho mais cuidado com a alimentação.  Legumes, salada e fruta nunca faltam na minha mesa. Já cheguei a pensar em mudar a minha mesa para o meio de uma horta desta forma não tinha trabalho em ir ao supermercado, nem a carregar com as coisas.  E é uma ideia tão bucólica que me agrada mesmo.

3- De vez em quando gosto de ir a um bom restaurante mas também gosto de uma boa tasca, com bons petiscos. 

4- Adoro torradas com Manteiga!!!!! Ok é o meu maior pecado, mas não resisto... E queijo? ui.. por mim era queijo a toda a hora e de toda a maneira e feitio. Devo ser arraçada... não sei de quê.

5- Arroz, Arroz e mais arroz não me farto nunca... nunquinha mesmo.

6- Detesto comida italiana e estou a tornar-me pro nas sopas.

7- Só comecei a cozinhar a sério de há um ano para cá(até aí era uma privilegiada com a comidinha da mãe)

8- Ando com uma vontade de gomas....

9- Não perco uma boa cerveja e tremoços!!! 

10- Tento resistir ao sal na comida mas às vezes não consigo.

 

Safei-me Andy?

 

04
Jun16

Hoje apetece-me ler... poesia

fashion

Mãe, os Meninos Andam Distraídos

Mãe, os meninos andam distraídos junto
ao rio e tu não queres saber de os perder.
Sentaste-te a pensar nesse homem que
apareceu e a desfolhar os malmequeres
da tua bata nova — e não viste que te
largaram a mão nem para onde fugiram
com a pressa do vento. Mãe, os meninos

saíram da tua beira para a beira do rio
e tu não queres saber de os chamar. Eles
estendem agora os braços pequeninos
para o sol que brilha sobre as águas
como um punhado de moedas que nunca

hão-de ter — mas tu hoje só conheces
um nome nos teus lábios e nem sequer te
lembras que esse nome não é o que puseste
a nenhum deles. Mãe, os meninos

são tão pequenos e já vão tão longe que
a luz pode cegá-los para sempre. Andam
perdidos no rio há tanto tempo que será
tarde de mais quando gritarem por ti —
porque a ideia do amor é hoje muito maior
do que a voz deles. Mãe, se tu quiseres, eu

posso tomar conta dos meninos, sento-me
com eles na margem a desenhar o sol e
havemos de fazer horas para o teu sonho:
depois de tanta dor e tanto luto, eu não
vou deixar que percas os teus meninos
nem pedir-te que sejas viúva para sempre.

Maria do Rosário Pedreira, in 'Antologia Poética'

Mais Sobre Mim

A Ler

Palavra da Semana

anguícomo

Segue-me

Follow

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

blogs portugal

Este blogue tem direitos de autor Copyrighted.com Registered & Protected

A ler 2