Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fashion in the bag

Fashion in the bag

22
Nov16

O preço ou o valor das coisas?

fashion

 

 

Chegava ao café do Senhor Alberto ainda cedo, sentava-se na cadeira perto da porta, folheava os jornais e esperava que o Inácio chegasse. Há muito que iam juntos para o trabalho. Ela simpatizava com Inácio, mas não podia dizer que gostava dele. Na realidade o colega era um hábito, alguém que a impedia de começar o dia sozinha. 

Assim que chegava Inácio atirava-lhe com um bom dia mal disposto, pedia um café e sentava-se desajeitadamente na sua mesa. Ela alinhava os jornais, olhava de lado para ele que começava a falar, imediatamente.

O monólogo habitual tinha sempre o mesmo tema: o preço das coisas. Contava sobre o filho, dono do melhor computador, acerca do carro que tinha custado muito dinheiro, nas férias à Indonésia que tinham custado "os olhos da cara", no café cada vez mais caro, no sofá que ia comprar para o Natal e que era o mais dispendioso de todo o prédio. Nem o vizinho Fernando,empresário na área das carnes, tinha um tão caro, dizia ele.

No fundo ele coleccionava coisas caras, pensava ela. Era um coleccionador de nadas.

Ouvia-o, esboçava um leve sorriso,  calava-se. Todos os dias era o mesmo enfadonho rol de palavras, a mesma ladainha sobre coisas, sobre preços. Uma conversa que escondia, o vazio em que Inácio se encontrava. Um desenrolar de palavras que não tinham um eco seguro, que apenas desfilavam, à frente de todos, mas onde não existia cor. Ela via claramente isso, mas deixava-o viver aqueles momentos de garantida satisfação. Isso aconteceu durante anos.

Um dia, era um dia de chuva, tenho a certeza. Ele falava sobre a roupa que o filho tinha, comprado no dia anterior.

- Só a camisola tinha sido quase o valor de um salário mínimo, esclarecia ele.  Nesse dia ela sentiu uma perturbação que desconhecia, tentou tapar a boca com a mão, prender as palavras que ameaçavam sair, mas não conseguiu e quando se apercebeu já o olhava nos olhos perguntando-lhe em tom indignado: - E o valor da camisola e o valor de tudo o que tens? Sabes qual é? É que o valor é muito mais elevado que o preço, não te parece? O que tens tu que realmente seja valioso? Inácio calou-se, colocou o café de lado, baixou os olhos e caíram-lhe lágrimas sobre o fato elegante. Ela  ficou incomodada, olhava para o chão, inquietava-se com o som que as suas palavras ainda produziam. Um som duro, cortante, demolidor. 

Ao fim de um tempo, que pareceu longo, ele respondeu-lhe: Aquilo que tenho mais valioso na vida são os momentos que passo contigo, todas as manhãs, mas esses não têm preço. Esses não te consigo dizer quanto custam. Sorriram os dois e foram juntos para o trabalho, naquele dia, como verdadeiros amigos.

45 comentários

  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 14:18

    Olá, Paciente! Assiste-se muito a esta confusão entre preço e valor. As pessoas não valorizam as coisas mais importantes.
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 14:23

    E agora nesta altura do ano ainda pior, se for necessário gastam centenas de euros em prendas e não terem uma das coisas mais importantes que é comida, há quem realmente deixe de comer para ter dinheiro para comprar tabaco, conheço uma história assim porque um amigo da minha irmã trabalha numa loja de piercings/tatuagens e todos os dias ouve e assiste a todo o tipo de histórias, eu posso ser doido ou ter milhares de erros e defeitos, mas alguma vez deixava os meus filhos a passar fome para comprar coisas mínimas? A resposta é: Não.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 15:24

    Pois e para além da comida estão as pessoas...
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 15:27

    É claro que existem coisas que não se trocam mas os valores hoje em dia estão bastante trocados.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 15:31

    Muito mesmo. As pessoas não conseguem perceber o que, de facto, importa. E quando percebem/ se é que alguma vez percebem é tarde.
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 15:35

    É exactamente o mesmo quando não te convidam para ir beber café para conversar porque pensam que têm muito tempo para isso e que depois se esquecem de ti, o tempo infelizmente não pára nem volta atrás, não estou a falar de ninguém em especial mas sim no geral.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 15:48

    E quem diz café diz outras coisas...
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 15:50

    Cinema, espectáculos, idas até à praia, jantares, conversas interessantes até perder a noção do tempo, etc. é uma pena que tudo isso esteja a ser trocado.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 15:57

    altruísmo...
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 16:01

    Peço desculpa a minha ignorância mas...será assim tão difícil de dizer às outras pessoas o quanto são importantes para nós? Estou a perguntar porque olho para todos os lados e vejo pessoas sentadas na mesma mesa e todas estão agarradas aos telemóveis/tablets.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 16:04

    O ser humano é complicado... muito complicado.
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 16:04

    Estou a ver que sim, começo a pensar que nasci demasiado tarde.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:10

    Por vezes também penso isso...
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:13

    É cada vez mais difícil encontrarmos alguém que sinta o mesmo que nós.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:15

    Os tempos são difíceis, mas há muita gente que tem princípios.
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:20

    Eu conheço muito poucas, mas ainda hoje de manhã quando vinha da Segurança Social e fui ao café, ao entrar houve uma rapariga que vinha a sair e segurou na porta para eu entrar, agradeci e entrei, fez-me pensar que ainda há esperança.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:23

    estás a ver...
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:25

    Nunca a tinha visto lá e já frequento aquele café há 3/4 anos.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:29

    Estás a ver...
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:29

    Não tenhas grandes esperanças, essa rapariga parece novinha, muito novinha.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:33

    Hummm logo vês..
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:34

    Se a voltar a ver lá sim, mas irei continuar a ir à mesma hora ou então fico lá mais um pouco.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:40

    fazes muito bem..
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:42

    Não há muita gente a fazer o que ela fez, os pais dela devem de estar orgulhosos.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:45

    Devem mesmo!
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:46

    Eu teria.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:48

    Eu também
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:49

    Mal olhei para ela mas reparei que tinha um piercing no nariz, dos pequenos.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:51

    :)
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:52

    Eu sou muito observador, sabias? :)
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:53

    Estou a ver, estou..
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:54

    Ah ah, sabes o que tenho aqui? Bolo de bolacha.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:55

    Guloso!!!
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:55

    É muito bom mas prefiro o caseiro.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:57

    Tudo o que é caseiro é melhor...
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:58

    Este é do Minipreço, foi a Mónica que me ofereceu.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 17:58

    Grande Mónica!!
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 17:59

    Ela é um amor, hoje falei-lhe de ti.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 18:29

  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 18:34

    É fã do Eros Ramazzotti, por acaso é agradável de se ouvir, mas sabes que ela também já sofreu imenso.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 18:55

    hummm...
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 18:56

    Existem pessoas que só se aproximam dela por interesse.
  • Imagem de perfil

    fashion 22.11.2016 18:58

    Imagino que sim!
  • Imagem de perfil

    O Paciente Impaciente 22.11.2016 18:59

    Sabes porquê não sabes?
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais Sobre Mim

    A Ler

    Palavra da Semana

    anguícomo

    Segue-me

    Follow

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    blogs portugal

    Este blogue tem direitos de autor Copyrighted.com Registered & Protected

    A ler 2