Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fashion in the bag

Fashion in the bag

27
Out16

Hoje apetece-me... falar de um livro

fashion

 

 Conhecem aquela sensação de perda, quando nos separamos de um amigo? É esse o sentimento que experimento,  agora que cheguei ao fim desta "quadrilogia". Já falei aqui dos livros anteriores e muitas pessoas me têm perguntado o que torna esta estória diferente. Não consigo responder concretamente a esta questão, no entanto consigo perceber que há uma amizade que perdura durante toda a vida. Essa amizade é a base para que todas as outras histórias se cruzem e vivam e que de certa forma envolve quem a lê. Talvez todos nós vivamos, durante a nossa vida, as mesmas históras, os mesmos receios, talvez todos tenhamos uma amiga genial que por vezes não sabemos se somos nós ou se é a outra/os. Este livro em concreto é dissecada a dor de uma mãe que passa pelo desaparecimento da filha. A sua postura, o seu não sentido, o medo que os outros têm, de quem sofre, como se isso fosse contagioso. São livros que vão ao fundo das nossas entranhas e que nos "obrigam" a questionar muitas opções e muitas direcções que seguimos ao longo da vida.

28
Set16

Hoje apetece-me... falar de um livro

fashion

 

 Esta semana em conversa com um amigo sobre a minha  recente descoberta literária, ele perguntou-me o que têm os livros  para eu os ler em dois dias. Pensei bastante acerca disto e penso que a principal razão é todos nós termos, de uma forma, ou de outra, histórias parecidas e identificamo-nos bastante com as personagens.

Relativamente ao conteúdo não é um livro que possamos dizer que é muito rico, mas há jogos psicológicos que me agradam muitíssimo, leituras de alma de personagens que me fascinam. Em suma: estou a começar a leitura do terceiro e aconselho, uma vez mais, a leitura deste autor(a).

20
Set16

Hoje apetece-me... falar de um livro

fashion

 

 Digo em minha defesa que não sou adepta de seguir tendências de nada e muito menos de livros. Compro, sobretudo, porque deixo que a história me seduza antes, porque a quero saber, porque desejo entrar nela.

Neste caso admito que comprei o livro contrariada, porque ouvia falar dele em todo o lado e comecei a desconfiar. Ainda assim, li uma breve descrição e fiquei rendida. Comprei o livro e tenho de admitir a estória é fascinante, não pela profundidade, mas acima de tudo, porque me identifiquei(e penso que a maioria das pessoas) com ela. Li o livro em dois dias e fiquei com aquela sensação de orfandade que não é explicável. As personagens acompanharam-me estes dois dias e talvez tenham acompanhado grande parte da minha vida, porque penso que houve uma amiga(o) genial em todas as vidas. Aquele amigo que admiramos e que nos impeliu, muitas vezes, a andar para a frente mesmo quando as nossas pernas não saiam do mesmo sítio.

Mais Sobre Mim

A Ler

Palavra da Semana

anguícomo

Segue-me

Follow

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

blogs portugal

Este blogue tem direitos de autor Copyrighted.com Registered & Protected

A ler 2